Viagens

As regras mudaram na EasyJet: há novo pacote tarifário para quem quer mais conforto

A low-cost britânica seguiu as pisadas da rival Ryanair. Novo pacote tarifário dá outro conforto (por um extra).
Novas regras, novo pacote tarifário.

Desde 10 de fevereiro que as regras de malas mudaram na EasyJet. Anteriormente, todos os passageiros da EasyJet tinham permissão para levar um saco maior para o compartimento superior, embora alguns fossem colocados no porão quando estes estavam cheios. Agora, os passageiros têm menos margem de escolha quando pagam tarifas mais baixas.

Nesta altura, quem pague as tarifas mais baixas vai poder viajar com um pequeno saco, mas este tem de caber sob o banco da frente (tendo dimensões até 45x36x20 centímetros). Como alternativa, a EasyJet criou um novo pacote tarifário, o Standard Plus. Em comunicado, a empresa realça que este pacote “combina benefícios como lugar da frente, mala de cabine grande e Speedy Boarding” numa mesma opção.

Se antes tratar do check-in com toda a antecedência dava outra margem no momento de sentar e guardar a mala, o novo pacote tarifário cobra um valor extra para garantir uma série de confortos. O passageiro vai poder levar uma bagagem grande de mão, tem direito a embarque rápido e entrega de bagagem num mesma tarifa. Os passageiros podem ainda personalizar as suas reservas, selecionar os lugares ou adicionar uma mala de mão à reserva mais tarde.

Para a companhia aérea, as novas medidas ajudam a melhorar a pontualidade e segurança. Para os passageiros, é importante ter em conta o que se arruma na mala antes de embarcar. As malas com dimensões superiores aos tais 45x36x20 centímetros ou quaisquer malas adicionais serão colocadas no porão e vão implicar na mesma um custo extra, com a taxa de bagagem de porão.

 

 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT