Viagens

Ryanair fecha base em Frankurt e planeia encerrar Berlim e Dusseldorf

Depois de os pilotos alemães rejeitarem cortes nos salários, veio o aviso da low cost irlandesa.
Más notícias na low cost.

A Ryanair vai fechar a sua base no aeroporto de Frankfurt Hahn, na Alemanha, depois de os pilotos locais votarem contra a proposta da low cost em baixar os seus salários. As mudanças não ficam por aqui e de acordo com a “BBC“, num memorando aos pilotos é referido que as bases nos aeroportos de Berlim Tegel e Dusseldorf também estão em risco de encerramento até o final do verão.

Segundo este meio britânico, no Reino Unido os pilotos e a tripulação de cabine da Ryanair votaram recentemente para aceitar cortes salariais para reduzir a perda de empregos, iminente devido às perdas de negócio associadas à pandemia do novo coronavírus. 

A empresa já tinha anunciado cortes de até três mil empregos em toda a Europa devido à crise, mas um acordo com a tripulação de cabine no Reino Unido terá salvado vários postos. No entanto, na Alemanha e segundo o sindicato local das companhias aéreas, “menos da metade dos pilotos eram a favor de aceitar” o acordo de pagamento.

Segundo a “BBC”, a Ryanair garante que os cortes propostos são baseados nos planos de cronograma atuais e podem até ser “consideravelmente piores” se houver um ressurgimento do coronavírus. “Deixamos claro ao longo das negociações que, se a votação não tiver êxito, o próximo passo terá que ser a demissão”, afirmou. O impacto no número de empregos perdidos ainda é incerto.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT