Viagens

“Santa Tracker”: vai poder acompanhar em tempo real a viagem do Pai Natal pelo mundo

O site mostra o viagem do trenó para entregar presentes. Há ainda jogos interativos e histórias sobre cada país.
Não perca.

A viagem começa por volta das 12h30 deste domingo, 24 de dezembro, no Japão. Aos poucos, o Pai Natal vai sobrevoar a Mongólia, parar na Croácia e, eventualmente, chegar a Portugal. Se quser acompanhar o percurso do trenó, é simples. O Google mostra tudo com a aplicação Santa Tracker.

Lançada em 2004, a ferramenta mostra toda a viagem do Pai Natal. À medida que os ponteiros de relógio de todo o mundo chegam à meia-noite de dia 25, pode vê-lo a andar pelo céu, a estacionar o trenó ou a distribuir um saco de presentes para dentro de uma chaminé, por exemplo.

O site, que está disponível em português (também existe uma aplicação para Android), mostra ainda qual a próxima paragem e quanto tempo irá demorar até chegar lá. A página inclui informação sobre os países visitados pelo Pai Natal, comentários das renas nas redes sociais, guias turísticos e jogos interativos para os miúdos, como desafios de memórias.

Pelo meio, também pode aprender a programar com elfos ou descobrir algumas das tradições natalícias em pontos específicos. Sabia que no México as crianças celebram a quadra festiva com pinhatas? Já na Coreia do Sul, a data é um feriado romântico muito semelhante ao Dia dos Namorados.

Como tudo começou

Ainda assim, a tradição não começou com a Google. Na verdade, foi o Comando de Defesa Aeroespacial dos Estados Unidos da América (NORAD) que, nos anos 50, lançou um sistema de localização para seguir o paradeiro do Pai Natal.

A ideia surgiu após um miúdo ter ligado acidentalmente para a sede a perguntar pela figura mítica. O pequeno estava a tentar ligar para um serviço anunciado num jornal local, mas enganou-se no número.

“O comandante de serviço naquela noite, que atendeu o telefonema da criança, apercebeu-se rapidamente de que tinha sido cometido um erro e assegurou à criança que ele era o Pai Natal”, pode ler-se no site da Norad.

À medida que os telefonemas dos mais novos aumentaram, a tradição continuou e deu origem a um site, na década de 90, que inspirou a Google a juntar-se ao movimento. Atualmente, ainda é possível ligar para a Norad, durante o Natal, para falar com voluntários que fingem ser elfos.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT