Viagens

Sem sair de casa, bloguer recriou a versão 2020 das melhores fotos de viagens

Algumas imagens são dela, outras são as típicas que toda a gente tira. Em comum têm o antes e o depois da pandemia.
Há sempre forma de viajar

Desde março que a maior parte do mundo está em confinamento. Quer seja total, parcial ou da forma que mais se adeque a cada caso, a verdade é que estamos quase exclusivamente por casa. As viagens, na sua maioria, foram canceladas e as férias resumiram-se a ficar em casa ou s percorrer um punhado de quilómetros só para respirar outros ares.

Todos sentimos o tédio de estar mais horas do que o normal em casa e quem sofre muito com isso são aqueles que estavam habituados a uma vida mais corrida e preenchida por viagens. É o caso de Sharon Waugh, uma escritora de viagens que vive na Cidade do Cabo, África do Sul.

A freelancer já visitou 57 países e tem um blogue chamado “The Sharonicles”, onde partilha as suas aventuras. Aborrecida e sem nada para fazer, resolveu começar a recriar fotografias de viagens com o que tinha à mão.

A ideia é comparar as fotos que eram tiradas em 2019 — ou antes — com as possíveis em 2020. Há originais de 2019 dela mas também algumas imagens típicas que todos tiramos quando visitamos determinados monumentos ou países.

“Penso que muitas pessoas sentem falta da liberdade que tínhamos para viajar. Só espero levar um sorriso às suas caras enquanto esperamos que as coisas melhorem”, contou ao “Insider”.

O resultado está à vista na página de Instagram de Sharon e é sempre acompanhado de legendas com algum humor ou mensagens otimistas. Há de tudo um pouco, desde pilhas de peças LEGO a imitar a Torre de Pisa a rolos de papel higiénico — sim, aqueles que meio mundo acumulou no início de março com medo do apocalipse — a simular o Taj Mahal, passando por uma tábua de passar em vez de uma prancha de surf.

Curiosamente, aquilo que começou por ser uma forma de passar o tempo acabou por ganhar proporções que Sharon nunca imaginou e as imagens espalharam-se massivamente pelas redes sociais. Atualmente a sua página no Instagram tem quase cinco mil seguidores e as fotos ganham cada vez mais fãs.

“Enquanto não pude viajar durante todo o ano, as minhas imagens apareceram nos média em locais onde nunca estive. Nunca imaginei que ficar num sítio poderia levar-me tão longe”, diz, acrescentando: “Provavelmente vou continuar a fazê-las [as fotos] até estar livre para viajar outra vez”.

Carregue na galeria para conhecer um bocadinho mais do trabalho de Sharon Waugh e das suas fotos incríveis.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT