Viagens

Sempre quis ter um castelo na Sicília? Este entrou em “O Padrinho” — e está à venda

Pode começar a passar férias num dos locais de filmagens da icónica saga. Isto se tiver seis milhões de euros.
Parece bem (imagem da Sothebys).

“Magnífico castelo datado de 1800 com parque privado”. É assim o início da descrição de venda desta listagem internacional. O local? Sicília, a bonita ilha italiana onde o clima é ameno em grande parte do ano e as praias têm água quente O preço? Seis milhões de euros. O detalhe —bastante— interessante? Este castelo entrou na saga de filmes de “O Padrinho“, de Francis Ford Coppola.

Agora, qualquer pessoa —desde que tenha acesso a seis milhões — pode ser dono do opulento castelo italiano apresentado com destaque na terceira parte da franquia, daquela que é, sem dúvida uma das peças cinematográfica mais icónicas e aclamadas pela crítica de sempre. 

Segundo a “Travel & Leisure“, o Castello Pennisi de Floristella, fica na Catânia, a antiga cidade portuária na costa este da Sicília. Está atualmente à venda na reputada Sothebys internacional, onde aparece listado por seis milhões de euros. 

Muito dinheiro, é certo, mas estando a falar de uma enorme propriedade, na ilha italiana, com protagonismo numa das mais famosas sagas do cinema e ainda com regalias dignas dos mais milionários, talvez não tão inflacionada assim.

“Construído no final do século XIX, o castelo da nobre família Pennisi de Floristella, localizado em Acireale, é um belo exemplo de ecletismo, característico da arquitetura da época, o estilo neogótico. A sua entrada principal, da Piazza Pennisi, abre-se para uma avenida cercada por uma fileira dupla de palmeiras de Washington que revela sua impressionante grandeza”, lê-se na descrição da imobiliária.

No final da avenida, “o escultórico busto de mármore do Barão Pennisi (que construiu o castelo), ergue-se sobre uma coluna cercada por palmeiras”, adianta a Sothebys, acrescentando uma vasta lista de detalhes arquitetónicos peculiares e um parque verde de 8.500 metros quadrados ao seu redor.

De acordo com “T&L”, a propriedade deslumbrante é “realmente adequada para a realeza de Hollywood”. A sua história remonta ao final do século XIX, quando o Barão Pennisi contratou o arquiteto de Palermo Giuseppe Matricolo para construir uma vila para a sua extensa coleção de arte. O resultado foi uma propriedade neogótica eclética composta por três prédios de dois andares e duas torres.

“O impressionante pórtico da estrutura abre para uma impressionante escadaria de mármore com tetos altos e colunas em arco de pedra. Arcos ogivais e ameias contribuem para a vibração desta propriedade única. Padrões geométricos em ouro e azul revestem os tetos, enquanto itens de decoração bizantinos e pinturas de Paul Pennisi preenchem os interiores”, adianta.

No interior, o castelo tem 22 quartos, oito casas de banho completas, uma adega, um estúdio de artistas, uma biblioteca, uma pequena capela decorada com frescos de Giuseppe Sciuti e duas grandes varandas com vista para o tal gigantesco parque verde.

A propriedade de 140 anos sobreviveu milagrosamente ao terramoto de 1908 que abalou o sul da Itália e destruiu a cidade siciliana de Messina. Durante a Segunda Guerra Mundial, o exército britânico bombardeou Acireale, a pequena cidade costeira onde fica o castelo, mas mais uma vez a propriedade não sofreu danos.

“É uma propriedade que expressa um caráter forte e possui um enorme potencial, pela sua história, sua localização, a sua arquitetura e os espaços”, disse fonte da equipa responsável pela venda, citada pela revista. “Uma vez restaurado, pode adaptar-se a diferentes necessidades e gostos contemporâneos sem alterar a estrutura original”.

Além de incrível e opulento, o castelo parece afortunado. Pode conhecê-lo melhor na galeria em baixo.

 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT