Viagens

Sicília regista a maior temperatura de sempre na Europa

Siracusa, na costa oeste da ilha, terá chegado esta quarta-feira aos 48,8 graus Celsius.
Siracusa.

Nos últimos meses, vários indicadores e fenómenos naturais têm apontado para um efeito crescente do aquecimento global em todo o mundo, com estudos e especialistas a mostrarem cenários mais dramáticos e preocupantes do que nunca.

Esta quarta-feira, 11 de agosto, uma cidade da Sicília terá registado a temperatura mais quente de todos os tempos na Europa. Segundo o jornal britânico “The Independent“, Siracusa, localizada na costa sudeste da ilha, viu o mercúrio subir para 48,8º Celsius o que, a confirmar-se, será o valor mais elevado desde que há registos na Europa.

O italiano “La Reppublica” adianta que a temperatura recorde terá sido notada pelas 13h14, por monitores do Sistema de Informação Agrometeorológica da Sicília (SIAS).

O recorde anterior era de 1977 e pertencia a Atenas, com 48º. Também na Sicília, em Catenanuova, na província de Enna, em agosto de 1999 uma emissora não oficial tinha registado 48,5 graus. 

O recorde de Siracusa, salienta o mesmo meio, terá ainda que ser confirmado pela Organização Meteorológica Mundial.

Europa inteira está ser percorrida esta semana por vagas de calor e incêndios. Em Portugal, também são antecipados dias mais quentes no final desta semana, como alertou o IPMA na terça-feira, 10 de agosto.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

Novos talentos

AGENDA NiT