Viagens

Atenção viajantes: Tailândia adia reabertura de pontos turísticos até novembro

O país decidiu esperar mais tempo, até as campanhas de vacinação estarem mais avançadas.
Banguecoque não abre para já.

O regresso à Tailândia ainda vai ter de esperar um pouco. Num setor do turismo ainda marcado pela incerteza, o país asiático anunciou o adiamento da reabertura de Banguecoque e outros destinos populares para turistas até novembro para permitir que mais pessoas sejam vacinadas.

No início deste mês, tinha sido revelado que, depois de Phuket, a Tailândia estava a planear reabrir Banguecoque e várias das suas ilhas mais populares para visitantes totalmente vacinados a 1 outubro, seguindo-se outros locais icónicos, procurando salvar uma indústria de turismo fortemente atingida pela pandemia.

Num ano normal, o turismo naquele destino correspondia a mais de um quinto da receita nacional, com as restrições e viagens da pandemia a contribuir para o pior desempenho da economia em mais de 20 anos.

Segundo os planos das autoridades, à partida não seria obrigatória a quarentena, devendo a aposta recair no sistema que chegou a Phuket em julho: vários dias num resort enquanto os turistas fazem testes.

No entanto a Reuters adianta agora que tudo isto será adiado pelo menos para novembro, para dar aos locais mais tempo para cumprir as metas de vacinação necessárias para uma reabertura segura. “As cidades que almejamos não atingiram as taxas de vacinação de 70 por cento e, portanto, temos que adiar a data para novembro”, disse o governador da Autoridade de Turismo da Tailândia à agência de notícias.

No entanto, Phuket, Ko Samui e Krabi continuarão a receber visitantes nos programas especiais de turismo, conhecidos como o Phuket Sandbox, onde turistas vacinados têm permissão para viajar para a Tailândia sem quarentena. Isto, desde que permaneçam em Phuket durante vários dias antes de viajar para outras partes do país. O programa deveria ser estendido a mais cinco lugares em outubro: Banguecoque, Chiang Mai, Chon Buri, Phetchaburi e Prachuap Khiri Khan, aqueles que vão agora esperar.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

Novos talentos

AGENDA NiT