Viagens

Turista devolve artefactos roubados em Itália — diz que estavam amaldiçoados

História é mais incrível por não ser inédita: há centenas de turistas a devolver peças de Pompeia porque lhes trouxeram azar.
Tudo aconteceu em Pompeia.

Mais de 15 anos depois da sua visita a Pompeia, em Itália, uma mulher do Canadá enviou um pacote surpreendente para as ruínas, cheio de artefactos que tinha roubado em 2005 como recordação. O motivo? Aquilo que pensava que seria uma fonte de energia positiva, do género de amuleto da sorte, veio afinal associado a anos de azar. E a turista acredita mesmo: o erro foi tal e o local tão mal escolhido, que os souvenirs funcionaram como uma praga, ou castigo.

Segundo a “CNN“, a mulher, identificada apenas como Nicole, devolveu cinco artefactos que levara de Pompeia em 2005, dizendo que a não pararam de a atormentar com azar. Num pacote enviado pelo correio, seguiram dois mosaicos brancos, dois pedaços de vaso ânfora e um pedaço de parede de cerâmica para o Parque Arqueológico de Pompeia, juntamente com uma carta a explicar a sua decisão.

“Eu queria ter um pedaço da história que não pudesse ser comprado”, escreveu a mulher citada pelo canal, adiantando que era “jovem e burra” na altura. Desde que voltou ao Canadá, adiantou, teve duas diferentes crises de cancro da mama e a família começou a sofrer problemas financeiros que ainda não terminaram. “Somos boas pessoas e não quero mais passar esta maldição para a minha família, os meus filhos ou para mim mesma”, escreveu. “Por favor, perdoem o meu ato descuidado”.

Nicole diz acreditar ter uma explicação: no local onde a erupção do Vesúvio matou centenas de pessoas há quase dois mil anos, ainda que agora seja um espaço único, bonito e pacato, há uma história negra associada. “Peguei num pedaço da história capturado numa época com tanta energia negativa ligada a ele”, escreveu ela. “Pessoas morreram de uma forma horrível e eu trouxe ladrilhos relacionados com esse tipo de destruição.”

A noticia é ainda mais estranha porque, segundo a CNN, ao longo de vários anos cerca de 100 visitantes já devolveram pequenos artefactos como mosaicos e pedaços de gesso que roubaram durante as suas visitas a Pompeia, segundo dados do parque arqueológico. E, tal como com aconteceu Nicole, os itens foram devolvidos acompanhados com cartas dos visitantes “a alegarem terem tido apenas azar” desde que os levaram, disse a porta-voz à CNN. O fenómeno é de tal forma bizarro que o parque até já tem uma secção expositora com os souvenirs devolvidos — e respetivas cartas.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm
Novos talentos

AGENDA NiT