Viagens

Uber cancela serviço na Ucrânia e oferece viagens a partir da fronteira com a Polónia

Com a escalada do conflito no país devido à invasão russa, já são várias as empresas que tentam socorrer os cidadãos ucranianos.
Há viagens gratuitas.

As grandes empresas continuam a mobilizar-se para apoiarem os cidadãos ucranianos após a invasão da Rússia ao país. A Airbnb está a oferecer alojamentos gratuitos, e a companhia aérea Wizz disponibiliza viagens gratuitas para quem pretende escapar aos conflitos. Desta vez, foi a Uber que decidiu tomar uma posição.

A empresa de viagens on demand cancelou o serviço no território ucraniano “para proteger a segurança de motoristas e utilizadores”, explica em comunicado. “Continuamos comprometidos em manter as cidades em movimento e ajudar as pessoas a viajar durante estes tempos difíceis, e estamos a avaliar como restaurar os nossos serviços cidade a cidade, assim que for seguro.”

Como forma de apoio aos funcionários, acrescentam que estão a ajudá-los a mudarem-se para outros países ou para áreas da Ucrânia que não estão atualmente sob perigo de conflito. Além disso, adiantaram os pagamentos.

Para conseguirem acudir aos cidadãos ucranianos, a empresa está a oferecer viagens ilimitadas entre a fronteira do país e várias cidades polacas, ao mesmo tempo que disponibilizam gratuitamente o serviço para “funcionários dos Centros de Acolhimento de Migrantes e para a entrega de mercadorias em armazéns de ONGs na Polónia”, através de códigos especiais.

 

 

 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT