Viagens

Afinal, uma das cascatas mais altas e famosas da China é falsa — e tem água de cano

Um turista chegou à nascente da emblemática queda de água, para revelar que não passava de uma mentira.
É uma mentira.

Não importa se temos um trilho exigente pelo caminho ou se os acessos são complicados: se for para ver uma imponente cascata ao vivo, fazemos todos os esforços para conseguir chegar até lá. Foi precisamente isso que fizeram milhões de turistas que se deslocaram até à montanha Yuntai, localizada na província de Henan, na China, para ver a famosa cascata Yuntai, com uma queda de 314 metros. 

É considerada a cascata ininterrupta mais alta do país, mas não passa de uma farsa. A denúncia foi feita por um explorador que, ao contrário dos turistas comuns, se aventurou pelas encostas íngremes da montanha até chegar à nascente da emblemática queda de água — e descobriu algo inacreditável

Entre as rochas estava um cano de água, construído no topo da parede rochosa, usada para dar maior intensidade à cascata. “Fiz todo um caminho para descobrir que a nascente da cascata de Yuntai é um cano”, denunciou o viajante, que partilhou um vídeo nas redes sociais na passada segunda-feira, 3 de junho.

Esta descoberta levantou dúvidas sobre as origens naturais da cascata, que o site do parque descreve romanticamente “como a Via Láctea a voar para baixo”. A publicação tornou-se viral na Internet, com mais de 14 milhões de visualizações. Os operadores do parque turístico de Yuntai já vieram defender-se, revelando que fizeram “uma pequena melhoria” durante a estação seca para que os visitantes sentissem que a viagem valeu a pena.

“Como cenário sazonal, não posso garantir que estarei na minha melhor forma sempre que me vierem ver. Fiz uma pequena melhoria apenas durante a estação seca para estar no meu melhor”, escreveu o parque, em nome da cascata. Garantiram, ainda, que estaria na sua “forma mais perfeita e natural” para os visitantes este verão.

Os funcionários disseram à CCTV que a água que usaram para dar mais força à cascata era água de nascimento, acrescentando que não danificaria a paisagem natural. Ainda assim, muitos visitantes criticaram a decisão. “É não respeitar a ordem natural e não respeitar os turistas”, escreveu um dos utilizadores.

Outros, por sua vez, elogiaram a atitude do parque. “A fonte de uma cascata não é o motivo pelo qual as pessoas vieram de qualquer maneira, não acho que isso conte como mentir ao público”.

A queda de água está localizada dentro do Geoparque da Montanha Yuntai, classificada como área cénica com classificação AAAAA — a mais alta concedida a uma atração turística pelo Ministério da Cultura e do Turismo da China — e atrai milhões de turistas durante todo o ano.

Esta não é a primeira vez que medidas artificiais são usadas para ajudar as famosas quedas de água no país. A cascata Huangguoshu, um famoso destino turístico na província de Guizhou, no sudoeste, tem sido ajudada por um projeto de desvio de água de uma barragem próxima desde 2006 para manter o seu fluxo durante a estação seca.

Carregue na galeria para ver algumas fotografias que têm sido partilhadas da, supostamente, cascata mais alta da China.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT