Viagens

Uma das cidades ribeirinhas mais encantadoras da Europa fica em Portugal

Ponte de Sor, em Portalegre, foi a cidade portuguesa distinguida pelo site "Far & Wide". Ficou na 7ª posição no ranking com 25.
Albufeira de Montargil. Fotografia: Instagram @pontedesor.municipio.

Portugal está repleto de locais incríveis para descobrir e explorar, uma afirmação repetidamente comprovada pelas múltiplas publicações internacionais de referência que, volta e meia, destacam um (ou mais) dos vários destinos que o País tem a oferecer. Os turistas que partem sempre com vontade de voltar também não deixam margem para dúvidas.

Entre os exemplos mais recentes desta realidade, estão os leitores do “The Guardian” que, em fevereiro, elegeram Aveiro como a cidade mais romântica da Europa, à frente de nomes de peso como Paris ou Veneza, tão associadas ao amor. Já a Praia da Falésia, no Algarve, conquistou o 12.º lugar na lista com as melhores do mundo da TripAdvisor, enquanto o Porto foi considerado, pela “Travel + Leisure”, um dos melhores destinos para viajar em março.

Também no mês passado, mesmo na sua reta final, a 23, foi a vez do site “Far & Wide” — perfeito para quem procura inspiração para planear os próximos roteiros — destacar Ponte de Sôr, no distrito de Portalegre, como uma das cidades ribeirinhas mais encantadoras do continente europeu. Numa lista com 25 entradas, onde brilham localidades calmas com menos de 25 mil habitantes, história, natureza, um ambiente romântico e, claro, lagos naturais ou resultado da construção de barragens, conquistou o 7.º lugar.

Cerca de dois mil hectares de espaços verdes, um curso de água quente da Ribeira de Sôr, praias fluviais e acesso a vários desportos náuticos, passeios de barco, observações de aves e pesca é o que encontra ao visitar esta região pitoresca, que surge pela criação, em 1958, da Barragem de Montargil.

Uma vez na zona, aproveite para visitar “o Centro de Arte e Cultura (CAC), que abriga uma biblioteca, um espaço para exposições e outro para a performance de artes cénicas”, começa por recomendar a publicação. Acrescenta: “se gosta de cavalos, não deixe de visitar a Coudelaria de Alter do Chão, onde D. João V criou os animais para a sua escola real de equitação em 1848”.

Bellagio (Itália), Titisee-Neustadt (Alemanha), Bled (Eslovénia), Ascona (Suíça), Kotor (Montenegro) e Patreksfjörður (Islândia) são as cidades que ficaram à frente de Ponte Sôr na seleção da “Far & Wide”. O ranking completo está disponível online.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT