Viagens

TAP, Ryanair, eDreams: Portal da Queixa revela as marcas com mais reclamações nas férias

As agências e sites de reserva de viagens foram as que mais queixas tiveram, com 246 reclamações de um total de 524.
A TAP foi a companhia aérea com mais queixas.

Férias deveriam ser sinónimo de descanso e despreocupações, mas a verdade é que podem revelar-se uma dor de cabeça. Entre os dias 1 de maio e 17 de junho, o Portal da Queixa registou 524 reclamações dirigidas especificamente ao setor do Turismo. Com estes números, o portal fez uma análise às reclamações recebidas relacionadas com o setor dos hotéis e das viagens.

Destas 524 queixas, 246 (47 por cento) delas estão relacionadas com as agências e sites para reservas de viagens, 192 (37 por cento) reclamações são dirigidas às companhias aéreas e no que toca às estadias, estas acumularam 62 (12 por cento) de queixas.

Mais em detalhe, nas agências e sites de reserva a maioria dos casos reportados pelos consumidores está relacionada com os pedidos de reembolso por cancelamentos de reservas em virtude da pandemia (57 por cento das queixas) e a falha na resposta e apoio por parte das marcas (17 por cento).

Quanto a “marcas”, a agência de viagens com mais queixas foi a eDreams, com 109 queixas. Seguem-se a Rumbo (43), a MyTrip (19) e a Travelgenio, com 14 queixas. Todas estas entidades também obtiveram uma avaliação muito baixa, com menos de 40 pontos em 100.

Relativamente às companhias aéreas, os principais motivos de reclamação estão relacionados com o pedido de reembolso (59 por cento das queixas) e também devido à perda de viagem (20 por cento). A análise mostrou que, das entidades com o maior volume de reclamações, a TAP assume a liderança, com 95 reclamações registadas ao longo do período analisado, de maio até 17 junho. Segue-se a Ryanair, com 27 reclamações e a Easyjet com 13 queixas. As companhias têm uma avaliação de 17.4, 23.7 e 25 pontos em 100, respetivamente.

A categoria das estadias abrange desde cadeias hoteleiras, hotéis, pousadas, turismo rural, clubes de férias até guias e passeios turísticos. Metade das queixas nesta área referem-se aos pedidos de reembolso. O segundo motivo mais apontado são as burlas e, em terceiro, as más condições. No período em análise, o Booking lidera as reclamações.

Para ter uma maior segurança e uma férias descansadas, o Portal da Queixa deixou ainda algumas dicas: pesquise antes de comprar, tenha atenção aos alojamentos locais, cuidado com as bagagens em viagens de avião e, principalmente, conheça os seus direitos.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT