Viagens

Vai poder dormir à borla no El Bulli, o restaurante que já foi o melhor do mundo

Os hóspedes vão poder conhecer o chef Ferran Adrià, o espanhol que revolucionou o mundo da gastronomia.
É uma experiência exclusiva.

O espanhol Ferran Adrià, pai da gastronomia ocidental moderna, é um dos chefs mais influentes do mundo. Esteve, durante muitos anos, à frente do restaurante El Bulli, considerado várias vezes como um dos melhores do mundo. 

A funcionar desde 1984, o templo da alta gastronomia no coração da Catalunha fechou ao público durante 12 anos, mas voltou a abrir portas em 2023, com um conceito ligeiramente diferente. Deixou de servir os famosos pratos do chef de 61 anos que revolucionou o mundo da gastronomia e passou a funcionar como “um museu do restaurante que mudou tudo”.

O espaço de quase quatro mil metros quadrados em Roses, no interior da Catalunha, começou então a exibir os utensílios usados por cozinheiros, desenhos que Adrià pintou com tintas e cotonetes, e alguns conceitos inovadores que foram criados ou adaptados para serem usados numa cozinha profissional. 

Há ainda uma compilação com as 1846 criações do restaurante durante todos os anos em que esteve aberto e que foram obsessivamente catalogadas por Adrià desde 1998. O número das receitas acabou por inspirar o nome do novo espaço: elBulli 1846.

Depois de ser um restaurante e um museu, prepara-se agora para abrir como alojamento. Pelo menos, durante uma noite. O chef fez uma parceria com o Airbnb e vai abrir, pela primeira vez, o espaço mítico para uma estadia única, com vistas incríveis sobre o mar Mediterrâneo.

“A missão do El Bulli era ultrapassar os limites. Atingimos o que acreditávamos serem os limites do que pode ser oferecido durante uma experiência gastronómica ao mais alto nível. Estou agora entusiasmado por assumir novos desafios criativos, partilhar esta forma de ver o mundo com os hóspedes que aqui passam uma noite”, disse Ferran Adrià.

O chef.

O mestre da inovação gastronómica vai dar a oportunidade a dois hóspedes de explorar as partes exclusivas do edifício e dormir numa cama em forma de prato, inspirada na cozinha e no estilo distintivo do espaço de restauração. E melhor: a estadia é gratuita, como já é habitual nestas ofertas exclusivas da plataforma.

Para ter a oportunidade de pernoitar no interior do antigo restaurante, terá de ser um dos primeiros a fazer a reserva, que abre às 17 horas (hora local) de 17 de abril. A estadia terá lugar na noite de 16 para 17 de outubro. Além de dormir numa cama empratada, os hóspedes selecionados poderão conhecer Ferran Adrià em pessoa e descobrir em primeira mão o impressionante legado do restaurante. A estadia inclui ainda acesso a salas privadas, como o antigo armazém ou a Capela-Pantry, dedicada a Sant Stomak.

O jantar será num dos restaurantes favoritos do chef espanhol, na estância balnear vizinha de Roses. Após o check-out, os hóspedes podem ainda jantar no restaurante Enigma, em Barcelona, do chef Albert Adriã, irmão de Ferran e o segundo melhor chef do mundo, segundo o The Best Chef Awards.

Quem não chegar a tempo de reservar esta estadia única, pode sempre visitar o museu El Bulli 1846 de terça-feira a domingo, de 1 de maio a 12 de outubro. Os bilhetes para o museu custam 27,50€ e incluem transporte, conhecido como El Bulli Bus, que leva os visitantes do centro de Roses até a Cala Montjoi, onde o edifício está localizado. 

Nos meses em que o museu não está aberto, a equipa aproveita para realizar pesquisas, experimentações e testes para desenvolver novas receitas.

Como lá chegar

Para visitar o museu terá de voar até Barcelona. Se partir de Lisboa, encontra bilhetes de ida e volta por menos de 90€. Depois de aterrar, terá de alugar um carro e conduzir durante duas horas até encontrar o número 4 de Carrer la Roca, em Roses.

Carregue na galeria para conhecer melhor o El Bulli 1846.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT