Viagens

Vai ser possível dar um nome a uma aurora boreal

Podem ser nomes predefinidos ou sugestões de cada um. Depois só precisa de ir visitá-la e tirar fotos.
É uma experiência a não perder

Ver auroras boreais está na lista de coisas a fazer antes de morrer de muita gente. Quer seja por interesse científico ou simplesmente porque gosta de viajar, de ver paisagens bonitas e de fotografar elementos especiais. A partir de agora há mais motivos para apreciar este fenómeno natural.

A página This is Arctic, que promove o turismo desta zona do norte da Europa, que inclui território da Finlândia, Suécia e Noruega, abriu uma votação para escolher nomes para várias auroras boreais. Há um conjunto de nomes nórdicos relacionados com a mitologia e história daquela zona que estão a votação, mas também é possível que cada pessoa sugira um nome, deixando apenas a sua ideia na caixa de sugestões disponibilizada no site.

Depois de terem nomes, será muito mais fácil encontrar uma aurora boreal em específico e poderá fotografá-la e partilhar nas redes sociais com a respetiva hashtag para que outros turistas vejam. 

As auroras boreais são um fenómeno que resulta de uma espécie de tempestade solar de pequenas partículas que interagem com a atmosfera. Embora isto aconteça em cerca de 200 dias por ano, entre o final de agosto e o final de abril, nem sempre é possível vê-las com clareza devido às condições atmosféricas ou ao facto de, por exemplo, acontecerem quando há luz solar de dia.

Os nomes que saírem desta votação vão ser revelados através do site e da página de Instagram da This is Arctic.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT