Viagens

Vídeo incrível em 8K mostra o Titanic como nunca o tínhamos visto

Revela, com enorme precisão, detalhes até aqui desconhecidos do navio que naufragou em 1912 nas águas geladas do Atlântico Norte.
O navio afundou em 1912.

A 10 de abril de 1912 o Titanic partiu de Southampton, Reino Unido, com destino a Nova Iorque, EUA. Zarpou com o epíteto de ser maior navio do mundo e a garantia de que era impossível de afundar. Porém, cinco dias depois, na madrugada de 15 de abril, nas águas geladas do Atlântico Norte, o impensável aconteceu. A colisão com um icebergue levou a um dos acidentes mais trágicos e marcantes de todo o século XX.

Mais de um século após o acidente, permanecem muitos pormenores por desvendar. No entanto, um novo vídeo, filmado pela OceanGate Expeditions, empresa dedicada ao estudo do fundo mar, mostra o Titanic como nunca antes tinha sido visto.

Com uma resolução de 8000 pixels (duas vezes mais nítida que uma TV 4K), as imagens revelam detalhes desconhecidos do navio que naufragou há mais de um século. O vídeo tem apenas um minuto, mas revela alguns pormenores nunca antes vistos, como uma inscrição numa âncora.

“Estudo os destroços [do navio] há décadas e fiz vários mergulhos, e não me lembro de ver nenhuma outra imagem com este nível de detalhe”, revela à “CNN” Rory Golden, especialista da missão, sobre a descoberta da gravação feita numa das âncoras laterais. 

Este sistema permite determinar com precisão o tamanho dos objetos e, as luzes verdes que aparecem no vídeo, são utilizadas precisamente para calcular a sua dimensão. A distância entre as duas luzes verdes é de 10 centímetros.

A mesma empresa que divulgou o vídeo também realiza expedições ao sítio do naufrágio com equipas de especialistas em mergulho submersível, historiadores e cientistas investigadores. Para ver os destroços ao vivo, é preciso pagar cerca de 250 mil euros.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT