Viagens

Virgin Atlantic: a companhia aérea de Richard Branson declara falência

Apesar de injeção de capital recente, a empresa até pediu proteção contra credores.
Empresa de milionário em dificuldades.

A Virgin Atlantic, a companhia aérea fundada em 1984 pelo excêntrico milionário britânico Richard Branson, declarou falência. O processo deu entrada na terça-feira, 4 de agosto, num tribunal em Nova Iorque e inclui proteção contra credores, ao abrigo de uma legislação que se aplica quando a empresa em causa tem investimentos em diversos países.

O setor da aviação tem sido particularmente afetado durante estes meses de pandemia uma situação a que não escapou em Portugal a própria TAP. A Virrgin Atlantic, que retomou os voos em julho, chegou a anunciar um possível resgate na ordem dos 1,33 mil milhões de euros, mas o acordo não foi finalizado.

A Delta Air Lines, que detém 49% da Virgin Atlantic, não pode injetar mais capital devido às leis de propriedade estrangeira do Reino Unido, que impediriam o aumento da participação. Richard Branson chegou a propôr dar a sua ilha privada como garantia para receber apoio das autoridades britânicas mas não foi possível.

Explica o “Business Insider” que, ao avançar com o pedido de proteção contra credores nos EUA, a Virgin Atlantic consegue proteger alguns dos seus  ativos ao mesmo tempo que ganha algum tempo para procurar uma alternativa financeira que a possa salvar.

Em maio, a empresa fundada por Richard Branson já tinha anunciado que ia cortar três mil empregos na sua base, no Aeroporto de Gatwick, em Londres. A companhia anunciou também a retirada de circulação da sua frota de Boeing 747-400 para tentar cortar nos custos.

Em todo o mundo o setor da aviação deu alguns sinais de recuperação em maio e em junho, depois de em março e abril a maioria dos voos terem sido cancelados. Mas desde que os casos voltaram a disparar em julho nos EUA que o setor se voltou a ressentir. Empresas como a Virgin Atlantic, com operações importantes naquele país, têm sentido dificuldades acrescidas.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

Novos talentos

AGENDA NiT