Moda

A versão low cost do vestido mais procurado durante a pandemia está na H&M

Tem um corte leve e romântico que remete para o modelo usado por Olivia Munn em “Love Wedding Repeat”.
Proposta está com promoção.

“Love Wedding Repeat” chegou à Netflix a 10 de abril de 2020. Apesar de ter sido cilindrada pela crítica, “a excêntrica comédia romântica” como a descreve Peter Travers, na “Rolling Stone” acabou por ficar na memória de muito boa gente. Dean Craig, responsável pelos argumentos de “Death at a Funeral”, — tanto do original britânico de 2007 como do remake norte-americano de 2010, — ficou encarregue de realizar esta espécie de “nova versão” de “Quatro Casamentos e Um Funeral”. As semelhanças entre os dois filmes são óbvias, a começar pelo britânico (Hugh Grant em 1994, Sam Claflin em 2020) apaixonado por uma norte-americana (Andie MacDowell no original, agora Olivia Munn).

O filme acompanha os esforços de Jack (Claflin) para garantir que o casamento da irmã Hayley (Eleanor Tomlinson) seja perfeito, apesar de várias reviravoltas inesperadas durante a cerimónia.

As coisas complicam-se quando um convidado indesejado ameaça estragar a festa. No meio de tudo isto, Jack tenta conquistar Dina (Munn), que conheceu casualmente há três anos e está decidido a conquistar. Problema? Amanda, a ex-namorada (Freida Pinto) não está muito interessada na felicidade de Jack, mas ajuda-o a evitar que o casamento seja arruinado.

A trama, embora não seja propriamente elaborada, rapidamente se torna confusa devido às pausas (o tal “reset” do título) a partir das quais o cenário muda. O filme explora três possibilidades de desenvolvimento dos acontecimentos, mostrando como pequenas mudanças podem ter consequências completamente diferentes. Contudo, estes “saltos” entre contextos tornam a história cada vez menos verosímil (se é que uma comédia romântica alguma vez o pode ser).

Apesar dos problemas, “Love Wedding Repeat” acabou por ficar gravado no zeitgeist. Sam Claflin e Olivia Munn tiveram muito a ver com isso, claro, — todos gostamos de ver pessoas bem-parecidas no ecrã. O cenário do casamento também ajudou, o magnífico Castelo de Bracciano (a cerca de 40 quilómetros de Roma, em Itália).

love wedding repeat
O look cobiçado por muitas mulheres.

O timming da estreia foi determinante: estávamos no início da pandemia Covid-19, confinados há um mês (em Portugal, o primeiro confinamento foi decretado a 18 de março de 2020) e todos sonhávamos com eventos cheios de gente. Ora, “Love Wedding Repeat” representava as cerimónias que acabaram por ser desmarcadas e nunca chegamos a ir.

A busca pelo vestido perfeito para a época de casamentos de 2020, que ainda mal tinha começado, terminou imediatamente. Pior? Todos os looks do filme pareciam incríveis, sobretudo o de Olivia Munn. O modelo verde menta gerou uma autêntica febre. As pesquisas nos motores de busca e as publicações nas redes sociais multiplicavam-se, toda a gente queria saber onde poderia comprar um igual. A resposta chegou pouco depois e não agradou a ninguém: o cabeleireiro da atriz, Domingo Santoro, confirmou que o vestido floral foi feito sob medida pela figurinista do filme, Uliva Pizzetti. Ou seja: não estava à venda.

O modelo cai cai, que deixava os ombros descobertos, fez suspirar muitos homens e ainda mais mulheres. O comprimento midi e as minúsculas mangas — que realçavam o decote em coração, serviram de inspiração para as convidadas de todos os casamentos pós-pandemia. Se pertence ao clube que continua a usá-lo como referência, temos boas notícias: descobrimos um com o mesmo toque romântico e sofisticado na H&M. Melhor ainda: está em promoção.

vestido H&M
Romântico, sexy e intemporal.

Trata-se de um vestido midi, num tecido vaporoso com um padrão floral em tons pastel. A peça destaca-se pelos ombros descobertos, alças finas ajustáveis e mangas curtas. 

O decote profundo em V rodeado por um folho largo vão atrair todas as atenções para a zona dos ombros e pescoço — como aconteceu com o vestido usado Munn.

É ideal para ocasiões especiais e combina bem com todo o tipo de sandálias, sejam rasas ou de saltos altos. Quanto ao styling, a melhor opção é deixar os cabelos soltos sobre os ombros para garantir um look sexy, mas descontraído.

O vestido está disponível online, entre os tamanhos XS e XXL. Neste momento, graças a um desconto de 20 por cento, custa 40€ (em vez dos habituais 49,99€) — mas atenção: a campanha termina a 4 de junho.

Carregue na galeria para conhecer a seleção da NiT de outros modelos, estes com padrões geométricos e com preços a partir de 19,99€.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT