Europa

A roadtrip de 600 quilómetros que atravessa cenários dignos dos contos de fadas

O percurso inspirado nos irmãos Grimm foi criado nos anos 70. Passa por 60 cidades.
É uma viagem mágica.

Todas as boas histórias começam com a famosa expressão “era uma vez…” De Rapunzel a Capuchinho Vermelho, sem esquecer a Cinderela ou a Branca de Neve, os contos dos Irmãos Grimm marcaram a infância — e talvez a adolescência — de todos nós. Há cerca de 200 anos, os alemães Jakob e Wilhelm mudaram o mundo com os chamados contos de fadas: as famosas histórias infantis que terminam sempre com um final feliz. 

Felizmente, ainda existem lugares no mundo onde se sente a magia desses contos. Na Alemanha, por exemplo, foi criada uma rota que nos leva a conhecer os incríveis castelos, as cidades medievais, as florestas encantadas e as paisagens cativantes que inspiraram os irmãos Grimm. Chama-se Rota dos Contos de Fadas e é, como o próprio nome o diz, uma viagem mágica.

Sempre sonhou ver a casa da Branca de Neve e os Sete Anões, passar uma noite no castelo da Bela Adormecido ou conhecer a cozinha onde a bruxa tentou cozinha Hansel e Gretel? Tudo isso é possível neste percurso, que se estende por cerca de 600 quilómetros e passa por 60 localidades, incluindo a cidade onde nasceram os irmãos: Hanau. É precisamente aí que se dá início à “melhor viagem rodoviária europeia”, que percorre a Alemanha de norte a sul.

O trajeto começa no local de nascimento de Jakob e Wilhelm, mas estende-se a cidades medievais, aldeias românticas e parques naturais, até chegar a Bremen, o último destino. Ao longo do percurso, irá encontrar placas de informações com a cabeça de uma fada em forma de coração para saber que está no caminho certo.

Hanau é, portanto, aquele que podemos considerar como o quilómetro zero da Rota dos Contos de Fadas. Um dos destaques desta localidade é o festival de verão dedicado à dupla alemã, que acontece de maio a julho. 

Na pitoresca Alsfeld pode conhecer a casa do Capuchinho Vermelho. Diz-se que foram os trajes típicos utilizados durante as festas populares da cidade que inspiraram os irmãos a escrever a história da menina que foi visitar a avó que vivia isolada no bosque.

Bad Wildungen, a cidade que deu origem ao conto da “Branca de Neve e os Sete Anões”, também faz parte do roteiro. A história foi inspirada na princesa Margaretha von Waldeck, que morreu envenenada no século XVI. É nesta localidade que se encontra o Castelo de Lohrer, onde viveu “a verdadeira Branca de Neve”.

Ao longo dos 600 quilómetros, também irá passar por Kassel, o sítio onde os irmãos moraram cerca de 30 anos e escreveram muitas histórias. Pode visitar o Grimmwelt, um museu dedicado às histórias da dupla onde pode encontrar algumas anotações.

Um dos grandes destaques da viagem é, sem dúvida, o Castelo de Dornroschenschloss parece o da Bela Adormecida, e fica em Hogfeismar. O palácio construído no século XIV foi, entretanto, transformado num luxuoso hotel romântico, onde poderá pernoitar e assistir a espetáculos sobre a história encantada. 

De tantas personagens que marcaram a nossa infância, Rapunzel não podia ficar de fora. Por isso, o roteiro inclui a cidade de Trendelburg, onde fica a torre que inspirou os alemães a escreverem o conto das tranças mais famosas do mundo. A história do Flautista de Hamelim também pode ser revivida em Hamlen, uma cidade que vive em função da lenda do caçador de ratos que, como não recebeu o pagamento prometido, resolveu rapar as crianças e hipnotizou-as com a música da flauta. O último destino desta rota é Bremen, cenário do conto “Os Músicos de Bremen”, onde se encontra estátua dos famosos músicos por toda a cidade.

Além disso, a viagem passa ainda por oito parques nacionais, como o Parque Nacional Spessart de Hesse, o Hoher Vogelsberg e o Kellerwald-Edersee. O mapa completo está disponível no site oficial da rota.

Como lá chegar

Como o percurso começa em Hanau, perto de Frankfurt, a melhor maneira de chegar lá é voar até à cidade alemã. Se partir de Lisboa, encontra bilhetes de ida e volta desde 187€. Depois, o melhor será mesmo alugar um carro para aproveitar a experiência da melhor maneira.

A seguir, carregue na galeria para conhecer algumas das cidades que fazem parte da rota. 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT