Europa

Chania: a cidade pitoresca na Grécia que parece Veneza e poucos conhecem

O spot fica em Creta, já foi a sua capital e é uma atração a não perder numa visita à ilha.
Uma das vistas da cidade.

Chania é a segunda maior cidade da ilha grega de Creta e, em tempos, já foi a sua capital. Em 1252 foi conquistada por Veneza e até hoje mantém as características da arquitetura e paisagem veneziana. A diferença é que esta cidade tem uma vista incrível para o Mar Mediterrâneo.

A zona mais pitoresca é o centro histórico, com ruas estreitas, de pedra e antigas casas coloridas, decoradas com inúmeras plantas. É neste local que encontra o mercado de Chania, conhecido por Ágora. Neste spot coberto pode comprar produtos locais e lembranças para levar para casa. É também no centro da cidade que fica a Igreja de São Nicolau, outro ponto turístico importante. Foi construída no século XIV e, aquando da ocupação turca, foi transformada numa mesquita.

De seguida pode visitar o bairro judeu, onde fica a Sinagoga Etz Hayyim. Esta é a única sinagoga de Creta. Existiam duas, construídas na altura da conquista veneziana, mas durante a Segunda Guerra Mundial uma delas foi destruída. Antes da guerra, havia uma população judaica de cerca de 300 pessoas em Chania.

No entanto, os nazis levaram estes habitantes num navio, que tinha como destino os campos de concentração europeus. A meio da viagem a Inglaterra bombardeou o barco e quase ninguém sobreviveu. Foi devido a esta tragédia que deixaram de existir judeus em Chania.

Depois de ver o bairro judaico, sugerimos que vá até ao Porto Veneziano. É aqui que fica o farol, que tem mais de 20 metros de altura. É famoso pela sua arquitetura e pela vista que a caminhada até lá proporciona. Ao longo do paredão irá encontrar vários bares e restaurantes, maioritariamente de peixe e marisco. Este é um ótimo local para parar e almoçar com vista para o mar.

É ainda no porto que pode visitar a Fortaleza Firkas. Esta é uma fortificação que serviu como sede militar durante o século XVII e protegia o Porto de Chania. À entrada da Fortaleza encontrará o Museu Marítimo de Creta. Abriu em 1973 e conta a história marítima da ilha, incluindo a invasão da Alemanha durante a Segunda Guerra Mundial.

Esta cidade pitoresca é um ponto a não perder na sua viagem a Creta. E caso ainda não tenha a sua escapadinha marcada, temos boas notícias. A NiTtravel lançou um novo pacote exclusivo para Creta, por apenas 599€. Não perca esta oferta de uma semana na Grécia, com tudo incluído.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT