Europa

Estas árvores na Polónia são as mais estranhas de sempre

Quem as vê duvida dos próprios olhos, mas garantimos que são reais. Não se trata de uma ilusão de ótica, mas de um mistério.
Garantimos que são reais.

Árvores derretidas, com troncos curvos e dobrados sobre si. Quem as vê duvida dos próprios olhos, mas garantimos que são reais. Os visitantes que já passearam nos arredores de Nowe Czarnowo, perto da cidade de Gryfino, na Polónia, já devem ter encontrado este cenário. Não se trata de uma ilusão de ótica, mas de um mistério. Numa semana recheada de destinos bizarros na NiTtravel, este não podia faltar.

O mundo tem centenas de maravilhas naturais que vale a pena explorar, mas esta muito poucos a conhecem. Quem já teve a experiência de lá estar, afirma ser um dos lugares mais estranhos do mundo. E é principalmente por ainda não se ter encontrado uma explicação científica que justifique a forma das árvores.

Troncos tortos ou levemente inclinados são frequentes e não são estranhos. A força do vento ou a necessidade de alcançar a luz solar, podem explicar estas variações e mutações. Mas quando o assunto é uma coleção de árvores curvas, a conversa é outra.

Por alguma razão desconhecida, uma pequena floresta à beira do rio Oder cresceu de maneira excecionalmente bizarra durante o século XX. Naturalmente, as teorias foram aparecendo, mas não há ainda um consenso. As árvores terão sido atrofiadas por uma tempestade de neve bastante forte? Foram deliberadamente moldadas por humanos de forma curvada e criativa? Durante a Primeira Guerra Mundial, os tanques passaram por cima delas deixando-as dobradas? A verdade permanece secreta e tem sido tema de debate.

Com 15 metros de altura, certo é apenas a época em que foram plantadas — ao longo da década de 1930 — e de que são saudáveis (apesar das distintas curvas de 90 graus). Claro, existem florestas ao redor do mundo com plantas fortemente dobradas, como Hoia Baciu na Romênia e Árvores Bêbedas na Taiga Subártica. Mas nenhuma delas está tão bem organizada quanto as encontradas na Floresta Torta da Polónia.

Chegar até lá pode não ser tão fácil quanto passear por entre a pequena floresta. Num canto remoto da Polónia, é preciso conduzir até à província da Pomerânia Ocidental. Ainda que a Crooked Forest seja a principal atração da cidade de Gryfino existem alguns locais históricos que merecem ser visitados, incluindo o Portão Banska, que se acredita ter protegido a cidade dos seus inimigos anteriores.

Aqui não existe nenhum aeroporto. Na ausência de carro, o truque é chegar à cidade de Poznan e depois apanhar um comboio de três horas para Gryfino. Uma vez na cidade, pode optar por um autocarro, que geralmente leva cerca de dez minutos, um táxi ou um serviço de Uber para um passeio mais confortável em direção à floresta. Explorar a zona rural polonesa do norte da Pomerânia, incluindo as belas cidades de Stargard, inicialmente conhecidas como Stargard Szczecinski e Torun, vale o tempo de cada viajante.

Os visitantes podem ter uma experiência de viagem ainda melhor durante os últimos meses da temporada de verão. Na primavera também funciona, embora seja bastante chuvoso. A floresta é isolada, por isso, sugerimos que leve água potável e alguns snacks para matar a fome e a sede durante o passeio. Calce os melhores e mais confortáveis sapatos, coloque repelente de insetos e protetor solar e parta à aventura.

Independentemente do que terá causado a anormalidade ecológica, não há dúvida de que o fenómeno deixa qualquer um fascinado. Carregue na galeria para perceber porquê.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT