Europa

Este hotel em Maiorca é um sonho mediterrânico para os minimalistas

O Es Raco d'Artá nasceu em 2020 e é um espaço luxuoso e romântico no interior da ilha.
É muita gira.

Ao contrário de muitos dos hotéis recheados de luzes e brilhantes de Palma, este nasceu numa quinta que data do século XIII, precisamente no lado oposto da ilha espanhola. Um espaço de luxo que promove “um destino de transformação”.

Durante séculos, as terras de Es Raco d’Artá foram regadas com o suor dos trabalhadores. Agora, as únicas gotas que vão escorrer pelos visitantes são as provocadas pelo sol — e rapidamente limpas com um mergulho numa das várias piscinas do hotel que foi inaugurado em 2020.

O alojamento está a pouca distância do Parque Natural Llevant no interior da ilha. Nos seus terrenos ainda se produz azeite e farinha, bem como mel que é usado, fresco, para servir ao pequeno-almoço. O tamanho do terreno permite que os visitantes possam passear pelo olival com mais de 1.200 árvores ou entre as mais de 200 árvores de frutos.

No interior do edifício escondem-se 34 quartos, oito suites e 21 casas, cinco delas com piscinas privativas. Para famílias mais numerosas, há ainda uma casa com dois quartos e outra com três.

O projeto foi desenhado pelo arquiteto Toni Esteva, criador de alguns dos melhores hotéis da ilha. Neste espaço, a aposta é no minimalismo — mas um minimalismo quente e acolhedor, com recurso às texturas e tons terra mediterrânicos, entre a juta, as madeiras e a cal.

As piscinas são salgadas.

Apesar de estar no interior da ilha, há praias a poucos minutos de distância de carro. Mas para isso é preciso que se canse das piscinas e do spa, instalado num pavilhão independente, com vista para os terrenos da quinta. Aposta nas terapias inovadoras watsu, sempre com produtos orgânicos e locais.

A sustentabilidade é também um dos pontos-chave do hotel, que aposta na energia solar e geotermal. No exterior, a piscina principal é salgada e toda a água residual é reutilizada.

O Es Raco d’Artá tem um restaurante, o Beni Axir, que aposta precisamente nos produtos locais e nas receitas mediterrânicas, ou seja, pode contar com muito peixe fresco grelhado, frutas e vegetais sazonais. Tudo preparado com elegância.

Todo este luxo tem, obviamente, um custo. Os preços por noite começam nos 450€.

Como chegar lá

Terá, claro, que voar até Palma de Maiorca, sendo que os voos obrigarão a pelo menos uma escala. Os preços começam nos 89€. Chegado a Palma, pode sempre alugar um carro e conduzir até ao hotel, numa viagem de pouco mais de uma hora. Caso contrário, existem autocarros que o levam até Artá, numa viagem de cerca de duas horas.

Carregue na fotogaleria para ver mais imagens.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT