Europa

Há uma nova “escada flutuante” a 800 metros de altura (só para corajosos)

Com 40 metros de comprimento e 120 degraus, vai ser a grande atração deste verão. “Até faz as pernas tremerem”.
A vista é maravilhosa.

Quando se ouve a expressão “Stairway to Heaven”, é inevitável não pensar logo na canção dos Led Zeppelin, lançada em 1971. Durante oito minutos, a banda de rock inglesa faz-nos sonhar com a longa escadaria que nos permite trepar até ao céu. Não seria incrível se, de facto, existisse algo assim tão mágico? 

Já não precisa de imaginar mais. A vila de Loen, no noroeste da Noruega, inaugurou no final de maio uma escadaria “flutuante” a quase 800 metros de altura. “É possível que as pernas da maioria das pessoas tremam um pouco”, avisou o responsável pelo projeto, PerHelge Bø, à CNN Travel.

Com 40 metros de comprimento, esta escada, chamada Stigull, paira a 790 metros acima de um fiorde norueguês — e não é aconselhada a quem tem medo de alturas. Vista da ponte suspensa Gjølmunne, nas proximidades de Loen, parece mesmo que as pessoas estão a flutuar no ar.

Helge Bø é o diretor de operações da Loen Active, a empresa por trás desta e de várias atividades ao ar livre com sede nos arredores de Loen, conhecida pelas paisagens impressionantes. A escada com 120 degraus é a mais recente adição ao cenário e faz parte da extensa rota da via ferrata da vila, um itinerário preparado nas paredes rochosas de uma montanha.

Com um ângulo de 45 graus, a nova atração só é acessível para aqueles que já subiram parcialmente a rota, que só termina no topo do Monte Hoven, com 1.011 metros de altura. Isto significa que, quando começar a subir a escada, já estará bem alto.

Fica quase a 800 metros de altura.

Até mesmo para os mais corajosos é uma travessia “bastante assustadora”, mas o responsável garante que as vistas valem a pena. “Para os que conseguirem olhar ao redor, podem apreciar a espetacular paisagem do fiorde, os picos majestosos, o enorme penhasco e o desfiladeiro estreito bem ao lado”, destaca. O norueguês acredita que será “a grande atração do verão de 2024 na região de Nordfjord”.

Assim que conseguir alcançar o Monte Hoven, é recompensado com uma vista única e um restaurante para descansar com a família e os amigos. Depois, a descida faz-se através de um teleférico que o levará de volta ao nível do solo em cinco minutos.

A Via Ferrata Loen foi criada em 2013, tornando-se rapidamente uma das principais atrações turística da Noruega. Desde 2017 que o percurso está conectado com um passeio no teleférico Slykift, que ganhou o prémio de passeio do género mais íngreme do mundo. A rota demora cerca de quatro a cinco horas a ser concluída e só é possível fazê-la de maio a outubro.

Toda a escala, incluindo o Stigull, ocorre quando as pessoas estão firmemente presas a um frio. Embora pareça intimidante, é “adequada para qualquer pessoa com um nível de preparação física decente”. “Subir a escada em si não é difícil, mas a exposição e a sensação de realização que se sente ao subir são imensas”, afirma o responsável.

É possível embarcar na Via Ferrata Loen com ou sem guia, dependente do nível de experiência. Os preços para a escalada com guia começam nos 148€ por pessoa. Os visitantes também podem reservar outras atividades, como caiaque, stand-up paddle ou fazer slide no Monte Hoven.

Como lá chegar

Para chegar à vila de Loen, o melhor é apanhar um avião até ao aeroporto de Oslo. Se partir de Lisboa ou do Porto, encontra bilhetes de ida e volta desde 161€. Caso apanhe o avião em Faro, há voos a partir de 175€.

Da capital da Noruega, terá de apanhar depois dois autocarros: o primeiro é noturno e vai até Stryn Rutebilstasjon e o segundo até Loen. A viagem demora cerca de nove horas, se optar pelos transportes.

São 120 degraus.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT