Europa

Não há dúvida, o Popeye esteve mesmo nesta incrível vila feita de madeira

As casas do filme existem mesmo e podem ser visitadas. Quem passou pelo spot diz ser uma Disney em ponto pequeno.
Esta atração fica em Malta.

Grandes castelos, cavernas brilhantes, praias escondidas e lagos cor-de-rosa. Parece um sonho, certo? Estes são alguns dos lugares mais bonitos do mundo e entre eles encontra-se um bastante pitoresco. Quem diria que uma vila de casas de madeira podia ser considerada um dos melhores spots para visitar. Se viu o filme do “Popeye” já deve conhecê-la.

Está localizada em Malta, a apenas três quilómetros da vila de Mellieha, e é a aldeia mais bonita do mundo. A Popeye Village, também conhecida como Sweethaven Village, serviu de cenário para o musical com o mesmo nome. Mantendo os traços originais de construção é perfeita para os amantes de cinema.

Depois de uma tempestade, um marinheiro chega num pequeno barco ao porto da comunidade de Sweethaven. Ali, aluga um quarto na casa da Palito e rapidamente se apaixona pela filha dos proprietários, Olivia. Todos se devem lembrar de alguma cena desta produção que tanto apaixonou os miúdos. E alguns até devem ter ficado com vontade de conhecer Malta pelos cenários que lá apareciam.

Se é um deles, saiba que pode viver por momentos dentro do próprio cenário. A vila cinematográfica está aberta ao público todos os dias e nesse recinto realizam-se vários espetáculos. Desde teatro de marionetas a uma sessão de cinema com direito a pipocas, a Popeye Village oferece diversão garantida para todos. Ainda que seja um parque temático bastante pequeno, na Anchor Bay, e apesar de algumas das construções de madeira estarem em ruínas, é uma das principais atrações turísticas do país e não espanta que receba milhares de visitantes todos os anos.

Há muita animação.

Para quem não sabe, a Popeye Village foi construída especialmente para a filmagem do live-action “Popeye”, de Robert Altman, produzido pela Paramount Pictures e pela Walt Disney, com Robin Williams e Shelley Duvall como protagonistas. No início de 1980, mais precisamente a 23 de janeiro, começariam as filmagens do filme. O esforço e avultado investimento de 20 milhões de euros resultou em 60 milhões nas bilheterias internacionais.

Depois da rodagem, a Popeye Village deveria ser destruída. Nunca aconteceu, porque os malteses perceberam o potencial turístico da vila. Foram criadas atrações para miúdos e equipamento de segurança para um parque mais seguro. Mal amado no seu lançamento, “Popeye” é hoje um filme de culto, que fascina muitos espetadores.

Ao longo do dia, vários funcionários disfarçados interagem com os visitantes, como se fosse uma Disney, mas bem mais barata e pequena. Quem o explora pode divertir-se no exterior, ouvir o mar e até dar um mergulho. A visita começa pela Praça Principal, local onde decorrem as principais atividades. A poucos metros do oceano, terá uma vista impressionante sobre a Anchor Bay.

No museu de banda desenhada poderá encontrar mais de 200 livros publicados entre os anos 60 e 80 e foi feita no verão deste ano uma sala de exposições que homenageia Robin Williams, que faleceu em 2014. Também pode conhecer a casa da Olivia Palito, usada por Shelley DuVall no filme. Se estiver com fome há bares e restaurantes que preparam refeições com ingredientes sazonais e para todos os gostos.

Não precisa de se preocupar com a data em que vai marcar a viagem. O parque de diversões é visitado em qualquer altura do ano. No verão, conta com passeios de barcos e a possibilidade de agendar festas de casamento e aniversário. No inverno, oferece a magia própria da temporada. Ouvem-se músicas de Natal e realmente sente-se um calor humano muito tradicional e mágico. Além disso, os preços dos bilhetes são mais baratos nesta altura.

Se já está a planear uma viagem até Malta, saiba que o horário da vila vai mudando, consoante a altura do ano, pelo que recomendamos que consulte todas as informações no site. Da mesma forma, também os preços do bilhetes diferem, começando nos 15€ para adultos e 12€ para miúdos no verão. No ingresso está incluído um passeio de barco de 15 minutos pela Anchor Bay, um cartão postal e uma taça de vinho.

A ilha tem um bom sinal de GPS, pelo que, para lá chegar, basta colocar o nome na pesquisa. De Sliema à Popeye Village demora aproximadamente 1h30 de autocarro. Para isso, deve apanhar o 212, 222 ou 225 e sair em Skrajda. Depois é necessário mudar para o 101 que leva ao parque. Durante duas horas pode mudar tranquilamente de autocarro sem ter que pagar mais pelo bilhete (2€ por pessoa).

Carregue na galeria para ver algumas imagens do incrível mundo do Popeye.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT