NiTtravel

Almoada: o refúgio no interior do Algarve que tem uma sex shop “secreta”

Fica a 30 minutos de Tavira e Vilamoura, e ainda mais perto da praia. O objetivo é que todos saiam de lá mais relaxados.
Fica num local isolado.

O Almoada Boutique Home, o novo refúgio “escondido” no interior do Algarve, é um alojamento “peculiar”. Situado a um quilómetro de São Brás de Alportel, abriu portas a meados de outubro.

O empreendimento é composto por uma casa tipicamente algarvia, uma adega de vinhos e uma sex shop. A loja, reservada aos hóspedes, está instalada num anexo perto de um rochedo. A oferta do espaço inclui brinquedos sexuais, fotografias eróticas, mas também produtos de artesanato. “Sei que é algo incomum, mas para este tipo de clientes é usual, corresponde àquilo que procuram”, começa por contar Ricardo Beltran, o fundador, à NiT.

O público-alvo do negócio é composto por “adultos que querem aproveitar ao máximo as férias num alojamento com uma oferta diferenciada”, detalha. “Um dos nossos objetivos passa por quebrar tabus”, acrescenta.

O empreendedor de 43 anos não tinha experiência no mundo do turismo, embora já tenha trabalhado em áreas muito distintas. Durante mais de uma década desempenhou funções no Banco Europeu de Investimento. Em 2020, contudo, mudou completamente de rumo e dedicou-se à saúde mental — outra das suas paixões.

Inaugurou, então, uma clínica com consultas de psicologia e psiquiatria também no sul do País, mais especificamente em Montenegro (Faro). Embora não seja médico e tampouco dê consultas, é ele que a gere. “O que sempre me moveu foram as pessoas”, explica.

Entretanto, adquiriu uma propriedade onde decidiu criar um alojamento “secretamente isolado”, semelhante aos espaços onde gosta de ficar. “Sempre viajei muito e fico sempre em sítios mais pequenos. Preferia algo mais sossegado e afastado, mas com todos os serviços”, recorda.

A casa não precisou ser totalmente reconstruída, porque estava em bom estado. Já a zona exterior careceu de mais atenção. Ali, criou uma piscina inspirada nos tanques onde os nossos avós lavavam as roupas, um alpendre e colocou espreguiçadeiras. “Optei por não trabalhar com um arquiteto, simplesmente respeitei a identidade do espaço”, realça.

O edifício, com mais de 140 anos, apresenta uma arquitectura tipicamente algarvia. Naquela altura, não se adaptavam os terrenos aos edifícios, mas sim os edifícios aos terrenos, uma característica bem visível no Almoada. “Está imerso na natureza e há árvores que crescem nos muros”, descreve o empreendedor.

A decoração é bastante simples, com obras de artes com muitas histórias para contar penduradas nas paredes. A experiência é, realça, única — e por vezes emocionante. “Tive aqui um grupo de pessoas conhecidas. Uma delas ficou comovida com o cenário. O ambiente é muito intimista e faz-nos lembrar dos tempos dos nossos avós”, aponta. Aliado a isto vem o luxo, que para Ricardo é o “conforto, paz, sossego, boa comida e bons vinhos”.

As bebidas e os alimentos podem ser pedidos através do serviço de concierge que funciona 24 horas. “Os clientes podem pedir a alguém que vá às compras por eles, por exemplo. Também podemos cozinhar, se preferirem”, explica.

O alojamento só acolhe hóspedes com idades iguais ou superiores aos 12 anos. “Fica ao pé de um rochedo, há declives e degraus. Sei que se vierem com miúdos pequenos, os pais não vão poder descansar, e quero que este seja um espaço de sossego.” Tem quatro quartos e pode receber até oito pessoas.

O fundador do projeto também quer que aqueles que por lá passam tirem parte do seu tempo para conhecerem a região, e há alguns locais que destaca. São Brás de Alportel fica no centro do Algarve, um pouco recolhido da azáfama da zona marítima. “A casa está escondida”, descreve. A praia mais próxima situa-se a 20 minutos de carro. Caso ande mais dez minutos, estará em Vilamoura e Tavira.

“A localidade onde estamos é muito desconhecida, até para os portugueses. Quando vêm ao Algarve só pensam nos areais. Isto é uma terra mais genuína. A comida, por exemplo, é igualmente boa, ou melhor ainda, e bem mais acessível. São Brás também oferece cultura ao longo do ano. Há cinema na rua, teatro, concertos e muita arte.” Segundo conta, por ali, “ainda se veem velhotes sentados nos bancos a beberem café”.

Durante a época alta, a estadia mínima na Almoada Boutique Home é de sete noites, o que tem um custo de 2.800€ (apenas é arrendada na totalidade). Durante o outono e inverno, tem de ficar lá pelo menos três noites, e os preços oscliam entre os 1.300 e os 1.500€. As reservas podem ser feitas online.

A seguirm, carregue na galeria e fique a conhecer melhor este novo refúgio “escondido” no interior do Algarve.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT