NiTtravel

O hotel de chocolate português com quartos do Willy Wonka e um escape room

A Fábrica do Chocolate fica em Viana do Castelo e é um verdadeiro sonho para as famílias inteiras.

“Nunca subestimes o poder do chocolate”. Esta é apenas uma das frases que se lê nas paredes do hotel de Viana do Castelo que nos leva numa autêntica viagem ao filme “Charlie e a Fábrica do Chocolate”. Parece que o Willy Wonka passou mesmo por Portugal e deixou para trás um bilhete dourado, que está escondido num dos quartos da Fábrica do Chocolate. Só falta saber se o prémio é, tal como no livro, uma tour pela fábrica mágica, com direito a chocolates para o resto da vida.

A Fábrica do Chocolate não é apenas um hotel. É também um museu, uma loja, um gabinete de chocoterapia e até um escape room. É um mundo feito de chocolate, onde podemos explorar o grandioso universo do alimento dos Deuses.

Situado em Viana do Castelo, a unidade hoteleira abriu em junho de 2014, no edifício onde ficava a fábrica de chocolates da empresa Avianense, que sempre fez parte da história do concelho. O espaço, abandonado desde a falência da fábrica em 2004, foi comprado, oito anos depois, por um grupo de investidores (Goreti Silva, Alexandra Correia e Graça Neves) e recuperado, mantendo a fachada principal.

Goreti e Alexandra sempre estiveram ligadas ao setor do turismo, e continuam a exercer funções na área. O facto de viverem na cidade e de sentirem uma ligação emocional ao espaço, que estava em ruínas, juntamente com a formação em turismo, levaram a que desenvolvessem este projeto.

Assim, o edifício que estava em decadência ganhou um novo rumo, homenageando a história da fábrica que ali esteve durante tantos anos e que não foi esquecida pelos habitantes da cidade. Hoje, é um espaço histórico reconstruído e relembrado, que se destaca por oferecer uma experiência completamente diferente e fascinante — principalmente para os mais gulosos.

“Temos 18 quartos temáticos, todos eles ligados ao cacau ou ao chocolate, a parte do restaurante, temos massagens de terapia com chocolate, continuamos com uma pequena produção na nossa loja, realizamos eventos comemorativos como aniversários, e ainda temos a parte do museu”, revela à NiT Cândido Torres, diretor comercial da Fábrica do Chocolate.

Ao longo dos dois andares, escondem-se vários quartos (e cinco suites familiares) que nos levam para um mundo mágico assim que se abre a porta de entrada. Não há nenhum quarto igual e cada um conta uma história diferente. Os hóspedes podem “dormir no conforto de uma das suas marcas de chocolate preferidas, no ambiente das roças equatoriais de cacaueiras ou até no imaginário de histórias clássicas”.

O quarto Willy Wonka é inspirado na mítica histórica infantil de Roald Dahl e recria todo o fantástico universo de “Charlie e a Fábrica de Chocolate”. Uma das paredes ostenta uma colorida ilustração que nos leva para a grandiosa chocolate room, com o rio de chocolate a jorrar de uma cascata.

O grande destaque é mesmo a cabeceira da cama, onde existe uma réplica gigante do tão desejado bilhete dourado que premiou cinco miúdos sortudos. Também encontra as mesas de cabeceira em formato da cartola de Wonka.

Outro dos quartos também remete para uma das histórias mais populares que ouvimos em crianças: Hansel and Gretel. Trata-se de uma suite familiar onde os miúdos encontram, no andar debaixo, uma verdadeira casa de doces onde podem entrar e brincar. Já no andar superior (mais dedicado aos país), os hóspedes encontram uma réplica de uma das primeiras ilustrações do conto alemão, que foi recolhido e publicado pela primeira vez pelos irmãos Grimm em 1812.

Para aqueles que têm preferência por um tipo de chocolate, também podem escolher ficar hospedados no seu sabor favorito: negro, leite ou branco. Na fachada principal do hotel, no primeiro andar, existem três quartos que formam uma trilogia, cada um com particularidades diferentes e curiosas. No quarto do chocolate netro, por exemplo, há uma cabeceira de cama em formato de tablete e os candeeiros parecem chocolate a derreter.

O quarto Estórias é inspirado em livros onde o chocolate é protagonista, o Maya inspira-se numa das primeiras civilizações a reconhecer a importância do cacau e a dar-lhe utilidade efetiva e a decoração do Theobroma Cacao é inspirada na origem do chocolate.

Dentro do espaço existe ainda um museu, onde é contada a história do cacau desde as suas origem e onde pode aprender como se faz a produção do chocolate, desde a semente até à tablete que chega às nossas mãos. “As pessoas fazem uma viagem até aos países de origem, depois assistem a um pequeno vídeo em 3D sobre como tudo começou. Há ainda uma sala virtual onde os visitantes aprender os processos para fazer uma tablete. No final da visita, saem da loja e conseguem ver a nossa chocolateira a trabalhar”, diz Cândido Torres.

O museu ocupa toda a cave do edifício, com uma área total de 500 metros quadrados e está dividido em cinco espaços distintos, interligados e organizados em circuito. Está aberto todos os dias entre as 10 e as 17 horas e as entradas custam 5€ (crianças dos 4 aos 12) e 6€ (a partir dos 13 anos).

O hotel tem ainda uma loja, onde se vendem chocolates de várias marcas nacionais e internacionais, inclusive o que é produzido no próprio espaço. Há reduções balsâmicas com chocolates, chocolate com 100% de cacau, entre muitas outras ofertas daquelas que não se encontram no supermercado. O melhor de tudo é que pode encomendar tudo na loja online e surpreender os familiares neste Natal com um chocolate personalizado.

Na Fábrica do Chocolate, até as massagens são feitas com este doce. Afinal de contas, os seus componentes também são ingredientes que fazem bem ao corpo e à mente. A unidade hoteleira disponibiliza tratamentos de chocoterapia, onde os hóspedes podem escolher tratamentos relaxantes, hidratantes, nutritivos e regeneradores com cacau e chocolate que, segundo o diretor comercial, “têm propriedades antioxidantes e acabam por ser hidratantes para a pele”. As massagens podem ser entre 30 a 60 minutos e os preços variam entre os 30€ e os 90€. 

Um escape room com enigmas de chocolate

Uma das grandes novidades do hotel surgiu em 2020, com a inauguração do Chocolate Escape Room. Sim, leu bem — e vão ser os 60 minutos mais doces e desafiantes da sua vida. “No fundo é uma sala onde uma equipa tem de conseguir resolver todos os enigmas e desafios. O imaginário é o avô Lima, o proprietário da fábrica que morreu e deixou aos  herdeiros legítimos a sua fortuna. Durante a leitura do testamento, ficam a saber que o parente tinha descoberto uma receita que iria revolucionar o mundo do chocolate — mas está perdida no edifício.

O desafio dos jogadores é encontrar a receita antes da antiga fábrica ser demolida. Podem participar até 10 pessoas no escape room e os preços variam consoante o número de jogadores. Se forem apenas dois, fica a 22,50€ cada um. No caso de serem 10, o jogo custa 12,50€ por pessoa.

Além de todas estas experiências e atividades incríveis, a Fábrica do Chocolate abre portas a vários eventos e oferece alguns pacotes especiais. Se ainda não sabe onde vai estar na Passagem de Ano, tem aqui uma sugestão. O hotel tem um pacote especial para a Passagem de Ano desde 292,50€, que inclui duas noites no alojamento, pequeno-almoço, visita ao museu do chocolate, jantar e festa de final de ano (com bar aberto), brunch de ano novo, bebida de boas-vindas e o Escape City Viana do Castelo.

“O Escape City é basicamente um escape room pela cidade. Os hóspedes têm um QR Code na receção que lhes vai dar algumas informações, quase como se fosse um peddy paper da cidade para ficarem a conhecer o centro histórico de Viana do Castelo”, explica.

As reservas podem ser feitas através do email reservas@nullfabricadochocolate.com ou do número de telefone 258 244 000.

Se já tiver programas para a Passagem de Ano, mas gostava de passar uma noite num dos quartos temáticos em 2023, os preços rondam os 100€.

Carregue na galeria para conhecer melhor os quartos da Fábrica do Chocolate.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT