NiTtravel

A ilha paradisíaca onde filmaram a comédia romântica da Netflix “Resort to Love”

O hotel fica em Port Louis, a capital das Maurícias. Também pode conhecer a Montanha Le Morne Brabant.
Christina Milian é a protagonista.

Existem filmes com paisagens tão incríveis que nos fazem viajar mesmo sem sair do sofá. Depois de vê-los ficamos com imensa vontade de visitar os locais. No entanto, muitas vezes, não conseguimos perceber onde é que o filme foi produzido e um destino que poderia ser a nossa próxima viagem acaba por se perder.

Desta vez isso não vai acontecer. Já viu o filme “Resort to Love” da Netflix? Estreou em 2021 e é passado num spot paradisíaco nas ilhas Maurícias em pleno Oceano Índico incluindo as partes em que supostamente uma das personagens deveria estar em Nova Iorque. Aliás, o produtor teve de se esforçar bastante para que um dia de sol na capital das Maurícias, Port Louis, se transformasse num dia de neve em Nova Iorque.

No filme, a atriz Christina Milian interpreta o papel de Erica, uma cantora que está a passar um mau momento na carreira e a sofrer por ter terminado uma relação. A jovem acaba por aceitar trabalhar como cantora num resort numa ilha paradisíaca. No entanto, ao chegar ao hotel, apercebe-se que terá de cantar no casamento do seu ex-namorado, que se irá casar lá.

O “Resort to Love” é uma comédia romântica bem cliché e super divertida. Ainda mais divertido era poder viajar para o local onde foi filmado. A maior parte das cenas foram gravadas no Resort Constance Prince Maurice, que é um autêntico paraíso. É um espaço super romântico com as suas cabanas em cima do mar e jardins tropicais sendo que os atores ficaram mesmo hospedados neste resort durante as filmagens. 

Outra das localizações foi a Montanha Le Morne Brabant, que foi declarada Património Mundial pela UNESCO, em 2008. Tem uma altura de 556 metros e a sua vista é uma das mais bonitas nas Maurícias. Nos séculos XVIII e XIX era nesta montanha que se refugiavam os escravos fugidos de outros países.

Atualmente, é possível fazer excursões até ao topo da montanha. O caminho é sempre feito com a ajuda de profissionais e só é possível chegar ao ponto mais alto acessível, através de uma ponte de metal, muito estreita e comprida. No filme, os atores também fazem esta travessia, numa excursão à montanha.

Como já referimos, algumas partes do filme foram produzidas em Port Louis, a capital das Maurícias. Esta é uma cidade lindíssima à beira-mar e alguns dos monumentos que deve visitar são o Porto de Caudan, o Blue Penny Museum e o Mercado Central. Uma das atrações mais procuradas pelos turistas é o porto da cidade, que se tornou num centro social e comercial com muitas lojas, restaurantes, bares e um museu. O museu chama-se Blue Penny e aborda a história e cultura da ilha. Por fim, no mercado central pode encontrar vários tipos de artesanato, especiarias e souvenirs que pode trazer para casa como recordação ou até oferecer aos seus amigos.

Agora que chegou até aqui, já lhe podemos revelar que realmente pode visitar os locais onde este filme foi filmado, pois a NiTtravel criou um pacote que o levará às Maurícias por apenas 1340€ em regime de tudo incluído.

O filme foi gravado em vários locais da ilha.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT