NiTtravel

Fãs de “Annabelle”, esta ilha mexicana está cheia de bonecas decapitadas

Conhecida como Isla de las Muñecas guarda uma história triste e macabra. Os visitantes não têm dúvidas de que está assombrada.
Bastante assustador.

Quando se fala em ilha, a nossa mente foge imediatamente para cenários paradisíacos, cheios de palmeiras e rodeados por um mar azul deslumbrante. Porém, no México há uma que fica muito longe dessa ideia. A sul da Cidade do México, entre os canais de Xochimico, encontra-se uma pequena ilha que de paradisíaca tem muito pouco.

É conhecida como Isla de las Muñecas, isto é, Ilha das Bonecas, e guarda uma história triste e um quanto macabra. Fora dos planos estava a intenção de se tornar num ponto turístico, mas hoje é uma atração que chama várias centenas de visitantes. Três cabanas e uma multidão de bonecas decadentes penduradas nas árvores: quem aqui vem é o cenário que encontra. Naturalmente, as decorações não são brinquedos normais, mas figuras aterrorizantes, com os membros mutilados, cabeças decapitadas e olhos vazios.

Tudo começou na década de 1950 com o único habitante da ilha, Don Julian Santana Barrera. Boatos contam que o zelador encontrou o corpo de uma menina afogada em circunstâncias misteriosas. Pouco depois, Julian viu uma boneca a flutuar perto dos canais. Muito provavelmente, a que pertencia à pequena. Como forma de mostrar respeito pelo espírito da falecida, pendurou o brinquedo numa árvore.

O que deveria ser um movimento simbólico, acabou por se tornar a sua sina. Barrera foi assombrado pela sua descoberta e começou a pendurar mais e mais bonecas na tentativa de apaziguar a alma e proteger a ilha dos espíritos malignos. Amigos próximos dizem que começou, eventualmente, a acreditar que as próprias bonecas estavam possuídas.

Aparentemente, ele ficou muito afetado pelo facto de não ter conseguido salvar a vida da pequena. Após 50 anos a colecionar bonecas e a pendurá-las por toda a ilha, Julian foi encontrado morto (em 2001), afogado no mesmo local onde a menina foi encontrada.

Se é verdade ou não que estão assombradas, não sabemos. Há quem questione a existência do corpo, outro dizem que Julian inventou a história sobre a miúda para evitar a solidão e os moradores dizem não ser um local assombrado, mas sim encantado.

Desde a sua morte, o spot tornou-se muito famoso e até apareceu em muitos artigos e programas de televisão. Os turistas que lá chegam, continuam a tradição de pendurar bonecas.

A verdade é que mesmo com a luz do dia, elas são particularmente perturbadoras. Algumas testemunhas afirmam ter ouvido os bonecos a sussurrar entre si e que vêm cabeças e braços a mexer, enquanto outros — que estavam em barcos perto da ilha — disseram que os bonecos os atraíram para remar ate lá.

Embora a ação de Don Julian fosse inocente e até admirável, acabou por ser retratada como um verdadeiro destino de pesadelo e atualmente a Isla de las Muñecas é um lugar muito assustador que marca qualquer visitante.

Carregue na galeria para ver algumas imagens das macabras bonecas (se tiver coragem).

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT