NiTtravel

Dar Batha: o antigo palácio que se transformou no primeiro museu de Marrocos

Fica mesmo no centro da medina mas está longe da confusão da cidade.
Os jardins são muito bonitos.

Chama-se Dar Batha, fica na cidade marroquina de Fez e foi um palácio, que se converteu em museu em 1915. Está instalado no centro da medina de Fez e foi construído durante o reinado de Hassan I, o sultão marroquino que governou de 1873 a 1894. É de estilo árabe-andaluz e na altura foi utilizado para o sultão receber os seus convidados. Tem um amplo jardim com várias árvores.

De 1912 a 1915 o palácio foi ocupado pelos representantes do Protetorado Francês, mas quando estes se mudaram para Rabat, o antigo palácio real foi transformado num museu. Assim, em 1915, Dar Batha tornou-se no primeiro museu em Marrocos. Hoje em dia, o equipamento conta com várias coleções de arte marroquina, madeiras talhadas, tapetes, instrumentos musicais, azulejos, astrolábios e moedas antigas. A exposição mais importante no museu é a de cerâmica marroquina, que contém peças que vão do século XIV até à atualidade. A maior parte das peças é de cerâmica azul, um estilo bastante conhecido em Fez.

As cerâmicas começaram a surgir em Fez depois da reconquista espanhola. Muitos artesãos que tinham trabalhado em grandes monumentos espanhóis como o Alhambra, mudaram-se para Fez, uma cidade rica, que continuava a crescer. A argila com que se fazem as cerâmicas em Fez tem um tom cinzento, ao contrário da cor terracota que costuma ter noutras regiões marroquinas.

Depois de a argila secar, a cerâmica é pintada de branco e decorada em azul. O tom azul é conseguido através de uma mistura entre um óxido de cobalto e cobre. Estas cerâmicas tornaram-se muito conhecidas e ganharam o nome de “Le Bleu de Fès”.

O museu está cheio de arte, mas a arquitetura do palácio e a sua decoração valem só por si. É uma mistura entre mosaicos de azulejos coloridos e madeira pintada. Os jardins são rodeados por claustros e o chão está revestido por azulejos com padrão. O recinto tem palmeiras, laranjeiras e outras árvores e é muitas vezes usado para cerimónias religiosas e concertos.

O Dar Batha fica na Rue de La Musée, perto do famoso Bab Boujeloud, o portão ornamentado e entrada principal da cidade. O museu está aberto todos os dias das 9 às 17 horas, exceto às terças-feiras. A entrada custa apenas 10 dirhams, o que equivale a cerca de 1€.

Se ficou com vontade de conhecer melhor a cultura e a história marroquina, saiba que a NiTtravel tem o pacote ideal para Fez. A oferta custa apenas 220€ por pessoa e é valida para os dias 10 a 14 de julho.

Carregue na galeria para ver mais imagens deste museu incrível em Fez.

 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT