Europa

Se procura uma alternativa descontraída nas Baleares, tem mesmo de conhecer esta ilha

A meia hora da cidade vizinha mais movimentada, Formentera é o refúgio selvagem perfeito para um final de tarde incrível.
Um paraíso por descobrir.

Quando pensamos viajar para um destino de praia, festas e uma vida noturna incrível, que esteja próximo de Portugal, entre algumas opções, Ibiza vai ser certamente uma delas. Com um leque de discotecas e sunsets de perder a conta, é o destino de sonho de muitos turistas. De certeza que tem ou conhece alguém que tenha uma mítica história que aconteceu por lá.

Passar uma semana na cidade que nunca dorme, pode tornar-se, contudo, muito exaustivo e exigir encontrar um escape. Selvagem e boémia, Formentera, no mar Mediterrâneo, é uma alternativa descontraída para Ibiza.

Conhecida pelas águas límpidas e longas extensões de praia com dunas e pinheiros, é perfeito para fugir da confusão que se sente na ilha vizinha mais movimentada e conhecida. Para lá chegar, basta apanhar um ferry em Ibiza (bilhetes desde os 15€). A viagem demora 30 minutos.

Formentera é uma anomalia geográfica, uma ilha de forma curiosa e invadida durante milhares de anos por marés inconstantes. É a mais pequena e mais a sul das Ilhas Baleares espanholas habitadas. Ainda há poucas gerações atrás, os moradores de Ibiza desconfiavam de Formentera. Seria uma ilha de piratas e sereias? Se a primeira é verde e abundante, a pequena, com o solo árido, acaba por contrastar.

Com pouco mais de um quilómetro e meio de largura no seu ponto mais estreito, tem um litoral recortado definido por falésias, faróis e longos areais. Os cerca de 12.000 habitantes espalhados pelas seis aldeias caiadas de branco estão já habituados aos verões abrasadores e aos invernos tempestuosos.

Explorar a estrada principal que atravessa Formentera é uma experiência única. Não há nada como passar pelas barracas de frutas ou pelos postos de gasolina com letreiros desbotados sem destino nem tempo contado. Pelo caminho, vários são os muros de pedra, no interior, que cercam campos de ovelhas.

No final da década de 1960, Formentera tornou-se uma espécie de spot hippie, no qual os jovens passavam os dias no Fonda Pepe, o bar de estilo fronteiriço que ainda permanece em Sant Ferran, ou mais tarde na calçada do Formentera Guitars, onde o guitarrista de blues inglês Chris Rea se divertiu enquanto gravava o vídeo de “On the Beach”.

Ainda assim, as praias, de areia luminosa e águas azuis, são mesmo o cartão de visita da ilha. Para passar o tempo, pode sempre praticar snorkeling e a vela. Porque não alugar um pequeno barco e passear em alto mar?

Por pequena que seja, Formentera é agora considerada um paraíso gastronómico. Na praia de Ses Illetes, pode comer robalo assado no sal e saborear rosé num restaurante de praia.

O pôr do sol é a hora mágica da ilha. À medida que o anoitecer se aproxima, a praia enche-se de visitantes à volta do bar, sentados em ruínas ou mesmo na areia a aproveitar a chegada da noite quente.

Se já está convencido, não deixe escapar as nossas ofertas. Quem sabe se não aparece um pacote incrível e irrecusável para Formentera.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT