Alimentação Saudável

10 snacks pré e pós treino que deve levar consigo sempre que for ao ginásio

Antes de praticar exercício físico deve apostar em hidratos de carbono. Depois, deve ingerir proteína.
Aquilo que comemos antes e depois do treino é muito importante.

A prática regular de exercício físico deve ser sempre associada a uma alimentação saudável e equilibrada. De forma a potenciar os benefícios do treino é aconselhável fazer pequenas adaptações à forma como se alimenta.

Sempre que faz desporto deve ter em atenção aquilo que ingere antes e após — ajudará a que se sinta bem durante a atividade e a conseguir melhores resultados a longo prazo. 

“Independentemente do tipo de alimentação que é feita antes ou depois do treino, o somatório da alimentação que é realizada ao longo de todo o dia, de toda a semana, mês ou ano é a chave do sucesso”, explica a nutricionista Cátia Gomes à NiT.

Antes de falarmos no que devemos comer (e o que devemos evitar) no pré e pós treino, é importante destacar a importância de beber água.

“Deveremos ingerir, em geral, pelo menos 1,5 litros de água ao longo do dia, no entanto, esse valor varia de pessoa para pessoa, devido às condições físicas de cada um, à sua função renal, à idade, à estatura e ao peso”, afirma a nutricionista. 

No cotidiano, a melhor forma de adequarmos a quantidade que bebemos às nossas necessidades é através do controlo da cor da urina. No final do dia, esta deverá ter uma cor muito clara ou até transparente e não ter cheiro. Mas claro que, para além da água, também é importante fazermos uma alimentação equilibrada e variada, “tendo em conta as informações indicadas na roda dos alimentos”, lembra Cátia. 

Pré treino

Segundo a nutricionista, neste período é importante fazermos uma refeição rica em hidratos de carbono simples e/ou complexos, de forma a conseguirmos energia suficiente para a execução do treino. Exemplo de hidratos de carbono simples são as frutas, já o pão é um hidrato de carbono complexo.

A ingestão de uma fonte de proteína como queijo ou fiambre também é recomendada. “Os lacticínios, como leite ou iogurtes, estão proibidos pois a sua digestão é mais lenta e pode comprometer o sucesso do treino”, explica a nutricionista.

É importante referir que se for praticar exercício físico após uma refeição maior (como o almoço ou o jantar), deverá optar por comer quantidades mais reduzidas para evitar a má disposição (e até uma eventual paragem de digestão.)

Pós treino

Neste momento é importante “reparar o tecido lesado durante a prática física e, por isso, devemos apostar na ingestão de proteína”, afirma a nutricionista. Alguns alimentos que pode consumir são carne, peixe, ovos, leite, iogurtes e queijo ou fiambre.

Se o treino decorrer antes do almoço ou jantar, o pós treino poderá ser substituído pela refeição desde que esta seja completa, ou seja, constituída por vegetais, hidratos de carbono e uma proteína. Re-hidratar também é bastante importante, uma vez que perdemos bastante água devido à produção de suor.

Carregue na galeria e descubra dez sugestões de snacks pré e pós treino sugeridos pela nutricionista Cátia Gomes.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT